Campo Grande (MS), Sábado, 18 de Maio de 2024

SAÚDE

Tratamento para refluxo será apresentado em jantar científico em Campo Grande, nesta quinta

Encontro deve reunir parte da comunidade médica da capital sul-mato-grossense, para falar sobre inovadoras técnicas médicas, entre elas tratamento cirúrgico minimamente invasivo contra doença que atinge cerca de 20% da população brasileira

08/05/2024

14:55

ASSECOM

MARIA GORETI

@Divulgação

Médico endoscopista e cirurgião geral e do aparelho digestivo, Hugo Guedes é o palestrante convidado para um jantar científico que deve reunir parte da comunidade médica de Campo Grande (MS) nesta quinta, 9 de maio. Com atuação em Brasília, o especialista viaja à capital sul-mato-grossense para falar sobre  inovadoras técnicas cirúrgicas, entre elas um procedimento  minimamente invasivo para o tratamento de refluxo, mal que acomete cerca de 20% da população brasileira, segundo estimativas Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG).

Trata-se do TIF, do inglês Transoral Incisionless Funduplication, um procedimento feito com técnicas de endoscopia para a implantação de um dispositivo que corrige a disfunção anatômica que gera a Doença do Refluxo Gastroesofágico  (DRGE), libertando o paciente da dependência de medicamentos.

O procedimento já é feito nos Estados Unidos há mais de 20 anos para quadros crônicos e intensos da DRGE e, desde  2020, foi liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, para ser realizado entre os brasileiros.

O evento é organizado pela Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva e será realizado no Olivia Rooftop Eat & Drink para convidados. Durante a tarde, o evento contará também com a participação de Rodrigo dos Santos Guilherme,  especialista em produtos da Top Med,  que fará uma demonstração hand on do procedimento TIF com o uso do dispositivo médico Esophyx, em um manequim de treinamento.


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Jornal Correio MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: